sábado, 10 de maio de 2008

Meu borboleto


Quem tem alguém assim, deve lhe fazer uma homenagem, não?
Adoro essas invenções de palavras hahahahaha e espero que ele não fique bravo por transcrever aqui seus ditos.


"~> Borboleteando por aí, encontrei uma borboleta, que toda borboletosa alegrava todos os lugares em que passava.
Mas que reação é esta que parecem borboletas por todo meu corpo?
Borboleteavam dos meus dedos dos pés até a ponta dos cabelos!
Como poderia? Um borboleto capturado, destinado à mais pura felicidade.
Borboletado o mais novo borboletista, que depois da borboletada começou a ver o mundo muito mais cheio de borboletas.

Das borboletas... Para a Salubridade.
.
.
.
Olho para teus olhos, vejo o mundo.
Um mundo.
Uma realidade(alternativa, talvez).
Vejo história, conhecimento, vejo vida.
Vejo o meu amor!
A leveza do toque; a revolta e a braveza do sorriso!; a apreensão do olhar...
Cada detalhe singelo, que separados são inigualáveis... e juntos formam o mais maravilhoso conjunto de ser contemplado."

Que as borboletas continuem a tornar teu caminho cada vez mais belo, mais leve e, mesmo que pouco, que elas possam içar-te quando teus pés cansarem de percorrer este caminho de tijolos amarelos tão longo...
Não houve invasão, mas fica aqui minha declaração de que os dias do teu lado são cada vez mais gostosos, que esta paz que transmites é imensurável e que teu carinho é inigualável.
Sabe, me sinto bem. Me sinto mesmo bem.
Amo você!, e obrigada por existir na minha vida, fazendo com que os problemas sumam quando estás comigo.

5 comentários:

Ravnos_Blacklotus disse...

Belo texto
que sejam felizes.

@},----

* hemisfério norte disse...

q delícia!!!!!!
é tão lindo amar (espero q o texto não seja só ficção) :)
nunca se esqueça de aproveitar sempre o toque de uma borboleta.

:)
bjs
a.

Ravnos_Blacklotus disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Tainá Simples disse...

Palavras muito mais do que palavras.
Função principal: tornar externo o interno, tornar parte.
Sentir; sentir você em cada reação; sentir-nos um. Não apenas um, mas UM ser completo.

Felicidade e amor sem igual me explodem no peito!

Ofendido por usar minhas palavras? De maneira alguma! Lisongeado! Felicitado por ter achado elas caras! ^^

Eu amo você!

Tainá Simples disse...
Este comentário foi removido pelo autor.