sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010


Os dias vão passando sem nenhum significado, sem nenhum plano ou ambição, sem nenhum objetivo.
Agente trabalha, estuda, namora, come, dorme, toma banho, assiste um pouco de TV, recolhe a sujeira do cachorro, arruma a cozinha, etc etc etc... e nada. Caminhando rumo ao nada.
É estranho isso pra uma pessoa que sempre foi sonhadora.
Mas sem objetivos uma pessoa se cansa de tudo, se perde em si mesma sem poder se encontrar; e então os outros já não a reconhecem mais, as fotografias, as cartas, os sonhos, nada faz o mínimo sentido, aquela pessoa não existe mais.
E é assim todos os dias, deixando de existir nos outros e em mim mesma que sigo meu caminho sem saber onde chegar e sem saber se realmente quero chegar.


"E se tu olhares, durante muito tempo, para um abismo, o abismo também olha para dentro de ti"
Friedrich Nietzsche


já não sei se consigo mais cuidar de mim.