quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013


Quando a pessoa fala, ela olha nos olhos e, quando pode, desvia para as outras expressões (boca, sobrancelhas, testa). Mas sempre voltando logo aos olhos quando os sente voltarem a ela. Busca escutar cada palavra com atenção mas, admite, às vezes as outras expressões são interessantes demais.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Essa noite sonhei com um amigo muito querido. Uma pessoa com quem convivi pessoalmente por pouco tempo e há muito não o vejo, mas quando nos encontrarmos eu sei que vamos nos cumprimentar como pessoas normais e quando eu der um soco no seu braço de passagem ele vai devolver com uma voadora nas costas. Como sempre.

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Emoções


É estranho como nossas emoções podem mudar tão rápido, fazendo com que se confundam com sentimentos e deixando tudo meio sem sentido.

_____________________________________________

Um dia ela acordou e se sentia realizada, como se realmente não quisesse estar em outro lugar ou em outro momento. Se sentia grata ao passado por tê-la trago por este caminho e não ansiava pelo futuro porque o AGORA era o suficiente para lhe confortar a alma.
Porém, ela disse alguma coisa, ou muitas coisas, e influenciou no meio de forma que tudo voltou. No dia seguinte ela se sentia vazia de ambições, vazia de expectativa e, ao mesmo tempo, cheia de amargura, de dúvidas. Hoje o dia não a satisfez.
E assim segue sua vida, um dia após o outro e sem poder dizer exatamente se É isso ou aquilo pois a cada momento ESTÁ. A cada noite Morpheus banha seus sonhos com novas possibilidades e assim segue vivendo uma vida por dia. E, no fim das contas, não ousa acreditar-se infeliz.