segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Brasília

Tenho tanta coisa pra fazer, tanto trabalho acumulado, mas não poderia deixar de vir aqui pra falar um pouco sobre Brasília(até porque ainda não tive tempo de escrever na agenda).
Bem, primeiro, depois de conhecer Brasília eu me apaixonei completamente por Uberlândia. Ête cidadezinha caótica, pessoas desconfiadas, falta de estrutura pra pedestre, motoristas barbeiros ao extremo(vi 2 acidentes só no tempo que tava lá), falta de noção de vazios urbanos, poderio militar concentrado(esquecendo que existem pessoas que moram ali em volta sem as quais Brasília não andaria). Falso, tudo falso. Eles não se preocupam com porra nenhuma além dos próprios narizes, e ver uma geógrafa dizendo que acha que em Brasília tem faixa de pedestre demais foi o cúmulo.! Pelo menos educação pra parar na meia duzia de faixas q tem na cidade eles têm(foi o que ouvi dizer, porque eu só atravessei rua correndo). Enfim, odiei a cidade em si, isso porque nem falei do sol infernal e do vento...

Mas como um todo a viagem foi bem legal, palestras muito construtivas(apesar do soooooooono). Imagina, o diretor geral da ANTT recebendo meros alunos da Geografia da UFU... ou, imagina que os pobres alunos da Geografia da UFU saíram numa matéria no site da ANAQ... O foda foi o Ministério dos Transportes, parece que os caras nem sabiam sobre o quê estavam falando, nem ao menos uma estrutura para receber as pessoas(um auditóriozinho que fosse) eles não têm. Sem falar nas secretárias na portaria no típico "Não, ninguém falou nada com agente sobre palestra nenhuma..."*cruza os braços*. Tipico, típico de poder público.! Mas o picolé lá na frente era 1 real e tava gostoso ;)

Outra coisa que valeu a pena(eu diria que mais do que qualquer outra coisa, além de passar a noite quetinha com meu amoure né-tem que fazer um mimo) foi ter conhecido a Kalisia. Cara, ela é linda, acho que tô apaixonada.! Lerda que só ela, voaaaaaaada, uma gracinha. Tira foto mandando beijinho e de olho fechado. Come que nem um passarinho e não gostou da carne de soja com banana. Me deu as conchinhas mais lindas do mundo inteiro e fica linda de cabelo preso, apesar de não gostar. Ah, e pra contar os podres, ficou 24 horas sem escovar os dentes.!!!!!!!! Hahahahahaha. Coitada, foi praticamente obrigada a dormir conosco, mas já pedi desculpas. E o gelo qeu deu quando pediram documentos no R.U. e ela dizia desesperadamente "Lud, me dá algum documento aí" enquanto eu tentava pensar hahahaha. E eu não vou mais ter um sobrinho com cara de tango ;) A tia Alê (:P) também é linda *o*, super gracinha, queria ter passado mais tempo com ela, e com a Clara, de quem eu nem me despedi descentemente.!!!

E o meu bebê, eu achei que talvez fosse ficar com ciúmes e isso me deixava meio agoniada às vezes, mas ele foi tão lindo se preocupando com a Kah e querendo defender ela do Bambicha feioso e preocupado com o tédio das palestras e tudo o mais... Ah, achei tão tão tão legal ele se preocupar porque pra mim ela é alguém muito especial, e qualquer cuidado com ela demonstra carinho e carinho sincero e ahhhh... lindo *o*

Ao Guilherme vale agradecer imensamente por gastar tempo, gasolina e paciência com agente. Busca, leva, passa aqui, passa ali, corre pra Ludmila não se mijar toda... O Gui foi um anjo nessa viagem.

Ah, e porra, o passeio do sábado. Que se fodam todos que disserem que Ceilândia é o cu do mundo. Lá é normal, cacete, só é esquecido pelas malditas autoridades que se concentram num lugarzinho onde são chamados de Dragões e descem a bandeira do Brasil todos os dias. É bonito, é. Mas não significa que devam esquecer o resto do mundo, que devam esquecer aquilo que é real e não simbólico. Ah, e o metrô é legal, faltam algumas estações a serem inauguradas e ainda devem construir muitas outras, mas tá legal.

A igrejinha é uma gracinha, e a tia Maria Helena que nos deu uma aula sobre símbolismo também foi uma gracinha. Pena que ela nunca mais vá se lembrar de nós, mas eu me lembro dela e me lembro também que foi nessa hora que o professor brigou com agente por estarmos demorando em todos os lugares rsss. O clube era legal, mas não podíamos usar nada alem dos quartos e do banheiro. Ah, e do pier, claro, onde passamos boa parte do tempo já que o professor malvado não nos deixou passear depois das palestras. A feira também foi legal, pena que as coisas eram muito caras(pelo menos o que eu pensei em comprar), mas ainda assim oTainá comprou coisinhas legais pragente, né meu menino?

Bem, acho que chega, falei muito pra uma pessoa ocupada.
C ya.

sexta-feira, 7 de novembro de 2008


KKKKKK, especialmente pro meu marido: Um leãozinho(de circo) gaúcho que é uma beleza.!

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Causa Mortis

-Engenheiros do Hawaii

Dia após dia, cada vez mais fria
Você matou sua mãe pra estudar anatomia
Ano após ano, seu sorriso insano
Você matou seu pai com veneno no cinzano

Você matou o presidente norte-americano
Você era democrata, ele, republicano
Você matou sua avó ouvindo mano-a-mano
Matou seu avô-não me diz que foi engano

Não! não vou ficar aqui
Pra alimentar seu bisturí
Não! você não me seduz
com seu jeitinho cão andaluz

Você matou sua tia, morte por asfixia
Matou seu tio com tiro de fuzil
Matou sua irmã com veneno na maçã
Com tiros de canhão, matou seu irmão

Você matou todo mundo (era esse seu plano)
Matou sua sede (bebendo sangue humano)
matou a charada (vai entar pelo cano)
matou muita aula (vai repetir o ano)

Não! não vou ficar aqui
Pra alimentar seu bisturi
Não! você não me seduz
Com seu jeitinho cão andaluz

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Exagero de saudade

Todo o senso de onde estou, de quem sou e pra onde vou... foi engolido pela escuridão da tua ausência.