quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Falta de tempo sucks!

Qual o meu problema? Fico mais de semestre atoa, atoa de tudo, mas procurando o que fazer. Mas aí, quando eu encontro algo para fazer, eu aceito tudo que aparece. Fico estressada, nervosa, cansada fisicamente e mentalmente... Nessa semana nem estou tão cansada mas a falta de tempo para ler minhas coisas, para cozinhar coisa gostosa em casa (ou cozinhar QUALQUER COISA em casa), para sair, tomar bons drink e jogar uma sinuca, para escrever, para ler o blog de quem me visita... Isso tudo vai me deixando triste, vou perdendo a vontade de fazer aquilo que tenho para fazer aquilo que gosto. Aí então, de repente, deixo de fazer tudo e fico completamente atoa de novo. "óh dia, óh vida, óh azar!"

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Tem uns dias em que a gente se sente tão deprê. E não precisa acontecer nada pra isso, nossa mente se encarrega de colocar tudo no lugar certinho pra que o dia pareça uma merda. Às vezes dói tanto, tanto, tão apertado, mesmo que não tenha nenhuma ferida aberta. E a pessoa asmática ainda sente esse aperto no peito tão mais intenso, o ar não entra, não preenche os pulmões, não preenche o vazio, o espaço... Vai ver é isso, tem um vazio, uma falta, algo que precise ser preenchido. Ai, eu só quero que um novo dia comece, sem dor. Eu nunca soube o que é passar duas semanas sem dar um ataque de choro... acho que mereço aquele psicólogo que me prometi no começo do ano quando quase destruí tanta coisa no meio da minha bagunça emocional...
Eu quero. Mas eu tenho medo, receio, vergonha. Mas eu acho que preciso. Ai, dói. =/