terça-feira, 26 de julho de 2011

Você é preconceituoso!



Mas que absurdo, eu não tenho problema com negros. Eu converso, dou atenção, trato bem... Não tenho problemas. Eu só não gostaria que uma filha minha namorasse com um negro. Porque não oras! Não tem motivo, só não gostaria!

Mas que absurdo, eu não tenho problema com homossexuais. Eu converso, dou atenção, trato bem... Não tenho problemas. Eu só não gostaria que um filho meu ficasse andando com um gay. Porque não oras! Não tem motivo, só não gostaria!


Mas que absurdo, eu não tenho problema com tatuados. Eu converso, dou atenção, trato bem... Não tenho problemas. Eu só não gostaria que um filho meu fizesse uma coisa dessas. Porque não oras! Não tem motivo, só não gostaria!

Mas que absurdo, eu não tenho problema com pobre. Eu converso, dou atenção, trato bem... Não tenho problemas. Eu só não gostaria de ver meus filhos estudando na mesma escola de pobres. Porque não oras! Não tem motivo, só não gostaria!

O quê? Homem cozinhando? Jamais! Claro que não, não é preconceito, homem pode cozinhar sim, mas se for porque a mulher não sabe fazer é muita vergonha pra mulher!

Ah, para! Não tem motivo, cada um pode pensar o que quiser de quem quiser, não é? Mas eu não tenho preconceito. Um amigo meu tem, ahhhh, aquele lá não gosta de negro de jeito nenhum. Porque não gosta. Nem conversa. Ainda bem que eu não tenho preconceito, é um problema grande da atualidade...

________________

ai ai... dá vontade de abrir a cabeça das pessoas e colocar algo lá dentro! quase chego a compreender por que tem gente que não gosta de idosos. não é porque são velhinhos que são exemplo. temos a mania de idolatrar certos grupos e menosprezar outros...

De verdade, essas coisas me entristecem muito. Meus olhos sempre enxem d'água quando paro pra pensar nessas coisas. Eu só não consigo entender por que diabos as pessoas pensam assim. Quando uma pessoa vem me falar que "é, se a mãe de 'fulano' não pegar pesado com aquele menino ele vai virar a folha"... Mas que porra é essa? E daí se ele "virar a folha"??? Sabe, se a pessoa é de bem, é honesta, é justa, sincera, tem bons valores, é trabalhadora e, principalmente, é bem EDUCADA (de educação de família mesmo), qual o problema de ela ser assim ou ser assado? Que ódio disso, que ódio!!!
O que faz uma pessoa chegar ao ponto de pensar que ela é melhor que outra por conta de aparência, religião, condição financeira ou orientação sexual? Que pai e mãe são idiotas ao ponto de passar uma coisa dessas pros filhos?
Nossa, não tem nem como descrever a raiva que eu sinto. Deveria existir alguma coisa a ser feita pra convencer as pessoas do contrário além de simplesmente clamar pelo direito ao respeito.

Que saco isso, será que algum dia a humanidade vai se considerar como um único e enorme grupo ao invés de ficar se dividindo e atacando uns aos outros? Merda. Merda. Merda.


Imagem DAQUI. Vale a pena ler o post também.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

vazio de palavras escritas. elas escapam pelos meus dedos enquanto dedilho o teclado do notebook repetidamente sem resgatar nenhum sentido. dizem mesmo que é melhor ficar calado quando não se tem algo bom para dizer.
li em algum lugar certa vez, que você sempre deve pensar em três aspectos antes de falar. se eu me lembrasse do que era talvez eu tentasse colocar em prática.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

É foda. Se tenho coisa pra fazer fico cansada e reclamo. Se estou atoa sinto que perdi meu dia... se pelo menos eu tivesse tido alguma companhia agradável... *respira fundo*

sábado, 9 de julho de 2011

Obituário

(fictício)
Morreu hoje, em Varginha - MG, José Maria de Souza, 41 anos. Homem trabalhador, pedreiro, construiu muitas casas e comércios da cidade, além de monumentos do famoso ET de Varginha. Aos 12 anos largou a escola para se tornar ajudante de pedreiro e aumentar um pouco a renda familiar, ajudando então a cuidar de seus três irmãos mais novos e de sua mãe viúva. Ícone da cidade, amigo, simpático, nunca tratou a vida com toda a maldade que a vida o tratou. Um exemplo de brasileiro, orgulhoso de ter se tornado quem se tornou e ter ajudado a contruir a história da cidade onde nasceu e cresceu.
...

Morreu hoje, em Itapetinga - BA, Luciana Carmem Moreira, jovem de 28 anos. Seguia os passos da avó e da mãe vendendo acarajé na lanchonete na esquina da Av. Flamengo com a Av. Arnaldo Aguiar. Seu sonho era se tornar uma daquelas moças de branco, ir morar em Salvador e vender acarajé nas ruas para os turistas. Graças a ela a cidade de Itapetinga passou a apreciar diversas variações do doce de feijão baiano e recheios. A população de sua cidade sente profundamente sua partida precoce.
...

Morreu hoje, em Piraquara - PR, Daniel Simões, 30 anos. Mecânico honesto e confiável. Ajudou a recuperar o carro de muitos empresários de Curitiba, cidade vizinha. As pessoas faziam questão de viajar alguns quilômetros justamente devido à sua confiabilidade. Sendo assim, um homem honesto a menos no mundo fará muita falta para todos aqueles que precisam ter seus carros consertados.
...

Mas no jornal da Globo nenhum deles aparece, apenas grandes artistas são noticiados. Pessoas comuns, mas que há um trabalho muito grande para que a população os idoletre. Triste.