sexta-feira, 1 de agosto de 2008

"- E você, por que desvia o olhar?

(Porque eu tenho medo de altura. Tenho medo de cair para dentro de você. Há nos seus olhos castanhos certos desenhos que me lembram montanhas, cordilheiras vistas do alto, em miniatura. Então, eu desvio os meus olhos para amarrá-los em qualquer pedra no chão e me salvar do amor. Mas, hoje, não encontraram pedra. Encontraram flor. E eu me agarrei às pétalas o mais que pude, sem sequer perceber que estava plantada num desses abismos, dentro dos seus olhos.)

- Ah. Porque eu sou tímida."

Rita Apoena.

3 comentários:

daniel disse...

Olá

O amor prende, mas é como se fora uma prisão, um abismo dourado.
Daniel

~pi disse...

medo de perder a alma?

não creio

[e porém...




~

Kalisia Autuori disse...

ai que lindo//

parece poema de geógrafo/geólogo!
[deve ser por isso que achei lindo]

=*