terça-feira, 24 de janeiro de 2012

eu nunca vou esquecer daquele menino loiro, magro, de olhos claros e a cara cheia de espinha inflamada que conversou comigo no avião de são paulo a atlanta. ou os estadunidenses são mesmo muito amigáveis em toda a extensão do país ou ele acha que por ser brasileira eu me importo em saber da vida dele. obrigada por me ensinar que quando o cara namora uma menina, a mãe dele não é a "mother in law" dela, ela é só a mãe dele.

Nenhum comentário: